Acesso Rápido
 

Compostagem doméstica

Compostagem doméstica

Processo de reciclagem da matéria orgânica.

 

Realizada através de microrganismos que transformam os resíduos biodegradáveis num fertilizantes rico em nutrientes,

Verdes

 

    • Folhas Verdes 
    • Ervas daninhas sem sementes
    • Restos de vegetais e frutas
    • Borras de café, incluindo filtros
    • Cascas de ovos (esmagados)
    • Flores, aparas de relva frescas
    • Folhas e saquetas de chá

Castanhos

 

    • Folhas secas
    • Relva cortada seca
    • Palha ou feno
    • Resíduos de cortes ou podas
    • Aparas de madeira ou serradura
    • Caruma
    • Cascas de batata

Materiais a evitar

 

    • Restos de carne, peixe e marisco
    • Produtos lácteos
    • Cinzas
    • Beatas de cigarro
    • Medicamentos
    • Citrinos
    • Resíduos de plantas tratadas com produtos químicos
    • Excrementos de animais
    • Resíduos não biodegradáveis (plástico, metal, pilhas, etc.)

Localização do compostor 

    • Fácil Acesso
    • Água
    • Protegido do vento
    • Perto de uma árvore
    • Contacto com a terra (boa drenagem)

Como cuidar do compostor?

    • Oxigénio (revolver os materiais)
    • Humidade (“teste esponja”)
    • Temperatura
    • Tamanho dos materiais

Vantagens de compostagem doméstica

    • Reduz a quantidade de resíduos a depositar em aterro
    • O composto é um adubo natural rico em nutrientes, o que permite reduzir o recurso a fertilizantes químicos
    • O composto melhora a estrutura do solo e ajuda a reter a água
    • Não requer conhecimentos técnicos ou equipamentos
A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X