Acesso Rápido
 

PROJETO “O MAR COMEÇA AQUI!”

PROJETO “O MAR COMEÇA AQUI!”

Após a ocorrência de fenómenos de precipitação, o percurso das águas pluviais, é inicialmente feito à superfície nas áreas impermeáveis, como por exemplo, telhados, pátios e valetas de arruamentos, mas é rapidamente conduzida para os coletores instalados subterraneamente, através das sarjetas e sumidouros, onde flui até ser devolvida aos cursos naturais de água, lagos, lagoas, baías ou no mar.

As sarjetas de passeio e sumidouros são importantes dispositivos de entrada de fluxos de água, dado que garantem o acesso das águas pluviais às redes de drenagem, contudo, são frequentemente objeto de deposição de resíduos, quer decorrentes do arrastamento das águas da chuva, quer decorrentes da atividade humana, como óleos alimentares, garrafas, beatas, entre outros.

Compete às autarquias não só assegurar a provisão do serviço de gestão de resíduos urbanos no seu território, garantindo a limpeza das vias e espaços públicos, sarjetas e sumidouros à superfície, mas também alertar e sensibilizar a população em geral e para a comunidade escolar em particular, para as consequências, quer nos ecossistemas terrestres, quer nos ecossistemas marinhos, da incorreta deposição dos resíduos.

É neste contexto que a ABAE lançou o desafio “O mar começa aqui” a todas as autarquias do país.

Objetivos:

– Compreender a necessidade de preservação dos ecossistemas e da biodiversidade em geral e da qualidade da água doce e salgada em particular;

– Educar para uma cidadania ativa incitando os jovens a passar a mensagem de que “Tudo o que cai no chão, vai parar ao mar” a toda a comunidade educativa;

– Estimular a criatividade dos alunos, através do desenvolvimento de competências em áreas como a expressão plástica;

– Implementar estratégias de cooperação escolas-autarquias para a promoção da sustentabilidade.

 

 

N.º de escolas aderentes: 5

Lista das escolas aderentes:

– Escola EB Conde de Castelo Melhor

– Escola EB1 do Barrocal

– Centro Escolar da Mata Mourisca

– Jardim-de-infância do Carriço

– Centro Escolar dos Vieirinhos

 

N.º total de sumidouros pintados: 20

Escola Conde de Castelo Melhor: 4 (1 pintura no interior da escola e 3 pinturas no exterior da escola)

Escola EB1 de Barrocal: 5 (4 pinturas no interior da escola e 1 pintura no exterior da escola)

JI Carriço: 2 (1 pintura no interior da escola e 1 pintura no exterior da escola)

CE Vieirinhos: 4 (3 pinturas no interior da escola e 1 pintura no exterior da escola)

CE Mata Mourisca: 5 (3 pinturas no interior da escola e 2 pinturas no exterior da escola)

 

N.º de pessoas envolvidas: 325

Escola Conde de Castelo Melhor: 26

Escola EB1 de Barrocal: 84

JI Carriço: 13

CE Vieirinhos: 137

CE Mata Mourisca: 65

14 a 20 de abril de 2021 – dinamização de sessões online e/ou presenciais sobre o projeto “O Mar Começa Aqui!”, o que são e qual a função dos sumidouros e sarjetas, contaminação das linhas de água, poluição marinha com destaque para a problemática do lixo marinho, tempo de degradação dos resíduos, impacto da poluição das águas doces e salgadas nos diversos ecossistemas e exemplos de boas práticas/hábitos a adotar, por uma técnica da Unidade de Ambiente do Município de Pombal. Estas sessões, foram complementadas com a visualização do filme “Sources and impacts of marine litter by Jane Lee- Marlisco”, nas quais foram realizados debates e momentos de reflexão sobre as várias temáticas abordadas filme.

Em parceria, com os serviços municipais e com a Junta de Freguesia do Carriço e a União das Freguesias de Guia, Ilha e Mata Mourisca, os participantes neste projeto assistiram à limpeza de sarjetas/sumidouros existentes no interior da escola e no espaço exterior da escola/envolvente. Foram, ainda, identificadas as diferentes tipologias de resíduos e/ou poluição, principais fontes/origens das mesmas, tempo de degradação dos resíduos encontrados e exemplos de boas práticas/hábitos a adotar por todos.

 

21 de abril a 6 de junho de 2021- foram realizadas diversas pesquisas e atividades de leitura e expressão plástica sobre o tema em contexto escolar.  No final, foram elaborados vários desenhos apelativos com vista a chamar a atenção para o problema “Tudo o que cai no chão, vai parar ao mar!”. Cada escola elegeu uma imagem que submeteu a concurso nacional.

 

7 de junho a 9 junho de 2021– foram realizadas as pinturas dos sumidouros previamente escolhidas por cada estabelecimento de ensino e aprovadas pelo Município de Pombal e pela ABAE.

 

junho a julho de 2021– divulgação do projeto nas redes sociais, reuniões do Conselho Eco-Escolas, portal do Município, Agrupamento de Escolas da Guia, entre outros.

Escola Conde Castelo Melhor

Centro Escolar da Mata Mourisca

 EB1 Barrocal

Centro Escolar Vieirinhos

Jardim de Infância do Carriço

X