Acesso Rápido

Louriçal

A sua primeira referência surge no foral outorgado por D. Afonso Henriques a Leiria, no ano de 1142. Anos mais tarde, em dezembro de 1166, é transformado em couto e doado ao Convento de Santa Cruz de Coimbra, por carta testamentária.
Com D. Manuel I, em 1514 recebe novo foral, tornando-se num grande concelho rural. Ao longo dos séculos XVII e XVIII assistiu a um grande desenvolvimento a que não será estranha a presença e o apoio de algumas importantes famílias nobres como os Almeida Castelo Branco e os Meneses.
No início do século XIX,  o concelho do Louriçal viria a sofrer um rude golpe com a invasão das tropas francesas, culminando com a sua extinção em 24 de outubro de 1855.
Nesta freguesia poderá visitar o monumental convento do Desagravo do Santíssimo Sacramento, valioso exemplar da arquitectura religiosa da época áurea de D. João V e onde, ainda hoje, habitam em regime de clausura as Irmãs Clarissas.
Aqui, ainda poderá visitar um valioso património cultural e histórico, onde se destaca o Aqueduto mandado construir por D. João V e a Igreja da Misericórdia, detentora de um retábulo maneirista do 1º quartel do séc. XVII, da autoria de Álvaro Nogueira de Penacova.

  • Cruzeiro do Louriçal/ Pelourinho
  • Igreja do Convento do Louriçal
  • Convento do Santíssimo Sacramento
  • Igreja Matriz de S. Tiago
  • Capela da Misericórdia
  • Igreja do Recolhimento
  • Aqueduto de Águas do século XVIII
  • Capela e Miradouro de Santo António
  • Ermida de S. Brás
  • Parque da Fonte da Pedra
  • Passeio Pedestre dos Dois Temperos
  • Gastronomia: Biscoitos do Louriçal e Leitoa do Louriçal
  • Artesanato: Mobiliário rústico e vassouras de palha
  • Feiras: Mercado aos domingos e Feira Anual em agosto
  • Festas: Nossa Senhora da Boa Morte em agosto

 


A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X