Acesso Rápido

Município entrega chaves de casa reconstruída após perda total nos incêndio de 2017

Município entrega chaves de casa reconstruída após perda total nos incêndio de 2017

O Município de Pombal entregou hoje as chaves à proprietária da casa que ardeu há um ano, no incêndio de outubro de 2017, na localidade de Brejos Velhos, Freguesia do Carriço, após a reconstrução do imóvel por parte da autarquia, que contou com o apoio do Programa de apoio à Reconstrução de Habitação Permanente, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR-C).

Uma cerimónia onde esteve presente a Presidente da CCDR-C, Professora Ana Abrunhosa, que anunciou ter sido “esta a primeira casa reconstruída por um Município a ser entregue ao seu proprietário, na sequência do incêndio do ano passado”, disse, agradecendo ao Município e à Junta de Freguesia do Carriço o empenho no acompanhamento e na resolução daquela situação em concreto, que permitiu devolver aquele espaço à sua proprietária.

Diogo Mateus enalteceu, por sua vez, o esforço conjunto das várias entidades envolvidas neste processo de reconstrução, que permitiu um desfecho feliz, numa história “que começou mal, mas que acaba bem”, reconheceu o Presidente da Câmara.

“Quando as entidades se unem e os motivos são mais do que válidos, as coisas correm bem. E quando queremos que as coisas corram bem e que se possam concretizar, queremos fazê-las o mais rapidamente possível, e fazê-las da melhor forma possível, para repor a normalidade da vida das pessoas”, continuou Diogo Mateus.

O autarca enalteceu ainda a resiliência das pessoas afetadas pela tragédia de 2017, lembrando que “há ocasiões na nossa vida em que nós achamos que é o fim, mas há outras em que temos que dizer “levantemo-nos e recomecemos”, e este é o dia”, conclui, agradecendo o empenho com que os serviços municipais acompanharam todo o processo, permitindo este desfecho.

Palavras que foram partilhadas pelo Presidente da Junta de Freguesia do Carriço, Pedro Silva, que agradeceu ao Município e à CCDR-C o esforço na resolução daquele que foi o caso mais premente, que resultou do incêndio de outubro de 2017, e em que a Freguesia do Carriço foi particularmente atingida.



A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X