Acesso Rápido

Feira Nacional de Artesanato e Tasquinhas de Pombal – Há 25 anos a mostrar o que melhor se faz no nosso país

Feira Nacional de Artesanato e Tasquinhas de Pombal – Há 25 anos a mostrar o que melhor se faz no nosso país

A Feira Nacional de Artesanato e Tasquinhas de Pombal celebra este ano o seu 25º aniversário, acolhendo no Expocentro o melhor do Artesanato e da cultura popular portuguesa, entre os dias 28 e 30 de Setembro.

Esta feira, que é representativa do Artesanato de todo o país, prevê a participação de 180 expositores, donde se destacam 154 artesãos de quase todos os Distritos do nosso país. No ano das Bodas de Prata deste certame, e perante a grande afluência de candidaturas, a organização entendeu criar uma nova área de exposição na galeria, opção que contribui para a valorização do artesanato local e das artes manuais do concelho de Pombal.

Durante estes três dias, como é já tradição, decorrerão em paralelo as tasquinhas, que são promovidas por 14 coletividades, representantes das Freguesias do Concelho. Durante o evento, a organização preparou um programa de animação diversificado, com destaque para a promoção de três espetáculos do Festival de Música Popular 2018, do INATEL.

A organização deste certame tem tido, ao longo destes 25 anos, uma preocupação constante na seleção e convite dos artesãos participantes, no sentido de garantir uma elevada qualidade dos expositores presentes, destacando-se a nível regional e nacional como uma das Feiras de Artesanato de referência.

Têm sido presença assídua artesãos de várias regiões do continente e ilhas, apresentando artesanato diversificado nas áreas do têxtil, olaria, cestaria, escultura, tecelagem, cerâmica figurativa, cantaria, azulejaria, ourivesaria, entre outros.

E dando continuidade a esse opção, a organização escolheu dar um destaque especial aos finalistas e vencedores do Prémio Nacional de Artesanato 2017, do Instituto de Emprego e Formação Profissional, nas áreas do “Grande Prémio Carreira”, “Prémio Inovação” e “Prémio Empreendedorismo Novos Talentos”, criando um núcleo expositivo para a promoção dos seus trabalhos, integrado no stand do Município.

Considerando que 2018 foi eleito o Ano Europeu do Património Cultural, e que o Figurado de Estremoz, um ex-libris do artesanato nacional, foi classificado Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, a organização optou por selecionar uma peça daquela produção para ser a imagem da 25ª edição deste certame, destacando o figurado “Amor é Cego”, de Jorge Conceição, um artesão de Estremoz, que também marcará presença nesta Feira.

 

Um eco-evento com 25 Anos de promoção de artesanato e gastronomia

Este evento iniciou em 1994, agregando a “Feira de Alimentação de Pombal” e a “Feira de Artesanato” que se realizava na cidade de Pombal, no Pavilhão das Atividades Económicas e na zona envolvente.

Em 1998, a Feira foi transferida para o Parque TIR, onde se realizou até 2004, altura em que o pavilhão foi remodelado, passando a disponibilizar uma área total coberta de 8000 m2 e a designar-se por Expocentro.

Hoje, este certame resulta de uma organização entre o Município de Pombal e a ADILPOM – Associação de Desenvolvimento e Iniciativas Locais de Pombal, e conta com o apoio da PMUGest – Pombal Manutenção Urbana e Gestão, E.M., do IEFP e da Caixa de Crédito Agrícola. Este ano, contará também com a parceria do CEARTE, do INATEL e da VALORLIS, que reconheceu a Feira como um Eco-Evento.

Apostado cada vez mais na promoção e divulgação da cultural local de Pombal e do seu território, o Município assume a importância deste evento na concretização deste objetivo, apostando numa divulgação alargada quer a nível local, como a nível nacional, através dos principais canais televisivos.

O Município pretende, assim, posicionar-se como um concelho promotor da cultura e da tradição, sendo o artesanato uma marca forte da identidade local, regional e nacional do território pombalense.



A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X