Acesso Rápido

Rota do Queijo Rabaçal

Descrição e motivo de interesse
Penela – Alvorge

Pontos de Interesse: Penela, Museu Villa Romana do Rabaçal, Vale do Rabaçal, Monte do Germanelo, Fonte do Alvorge e Ruínas da Torre da Ladeia (Antiga Capela da Sra. do Pilar), Alvorge

Rumo ao Vale do Rabaçal, a rota desce do Castelo de Penela para tomar o caminho de ligação à aldeia do Espinheiro, passando o túnel do IC8. Seguem-se as aldeias de Chainça e Zambujal, até que a GR26 se encontra com o Caminho de Santiago, acompanhando inicialmente o Rio dos Mouros, conhecido localmente como “Caraglio Seco”. Seguese em direcção ao Rabaçal, onde se recomenda a visita ao Museu da Villa Romana e à Estação Arqueológica. É a altura ideal para provar o muito apreciado Queijo Rabaçal, entre outros produtos da fileira agro das Terras de Sicó. O percurso continua por um trilho nas traseiras do cemitério que dá ligação a um caminho mais amplo e novamente ao Caminho de Santiago. Daqui avista-se a povoação da Fartosa e, logo depois, o monte de Gerumelo. Para trás avista-se o seu “irmão”, o monte Germanelo e o que resta do Castelo do Rabaçal. O percurso contorna o Vale do Rabaçal até à aldeia das Casas Novas, onde percorre as suas ruas estreitas, ladeadas de antigas casas de pedra calcária.

Segue-se outro trilho até à aldeia da Ateanha, localizada no cimo de um monte com o mesmo topónimo. O caminho desce para o lado oposto, onde se avistam duas dolinas, entrando logo depois num antigo caminho murado que segue para Aljazede. Depois de um pequeno desvio aos campos do “Vale de Todos”, o percurso dirige-se para Trás-de- Figueiró, passando ao lado da aldeia e subindo o monte com o mesmo nome, ao mesmo tempo que se podem desfrutar de excelentes vistas. A descida é feita para o lado de Vila Nova, entrando a meia encosta num antigo trilho ladeado de muros, e que termina entre imponentes carvalhos, logo à entrada da aldeia. Após a saída da aldeia dirigimo-nos para a estrada do Rabaçal. Depois de a atravessar, entra-se novamente no Caminho de Santiago, passando junto às ruínas da Torre da Ladeia, antiga Capela de Nossa Sr.ª do Pilar e à nascente do Alvorge. A chegada à aldeia com este nome, sede de freguesia, marca o final de mais uma etapa da GR26.

Outras Informações

27 Km

Distância

Linear

Tipo de Percurso

8 h

Duração

392/175 m

Altitude máx/min

Difícil (Nível IV)

Escala de Dificuldade FCMP (I a V)

702 m

Desnível Positivo

Setembro a Junho

Época Aconselhada

A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X