Acesso Rápido
 

Queimas e Queimadas

Queimas e Queimadas

Caro Pombalense 

Ajude-nos a manter Pombal um concelho VERDE! Este verão esteja atento! Ajude-nos a Proteger!

 

Sabia que…
Mais de 50% dos incêndios ocorridos em Portugal têm origem em queimas, queimadas, fogueiras, lançamento de foguetes e outros comportamentos negligentes!

 

Medidas de prevenção: 

Em todos os espaços rurais durante o período Crítico e sempre que se verifique o índice de risco de incêndio de níveis muito elevado, Não é permitido:

⦁    Realizar fogueiras para recreio ou lazer para confecção de alimentos, bem como utilizar equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou da confecção de alimentos;
⦁    Queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração;

 

e204f3_1f62daf15a324b0ba0d44d9826fa0425

 

O que é a queima de sobrantes? 

É o uso do fogo para eliminar sobrantes de exploração cortados e amontoados, ou seja, o material lenhoso e outro material vegetal resultantes de atividade agro-florestais.

 

O que é uma Queimada?

É o uso do fogo para renovação de pastagens e eliminação de restolho e ainda, para eliminar sobrantes de exploração cortados mas não amontoados.

  1. A realização de queimadas só é permitida após licenciamento na respectiva Câmara Municipal, ou pela junta de freguesia se a esta for concedida delegação de competências, na presença de técnico credenciado em fogo controlado ou, na sua ausência, de equipa de bombeiros ou de equipa de sapadores florestais.
  2. Sem acompanhamento técnico adequado, a queima para realização de queimadas deve ser considerada uso de fogo intencional.
  3. A realização de queimadas, só é permitida fora do período crítico e desde que o índice de risco temporal de incêndio seja inferior ao nível elevado.

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Na realização de fogueiras e queimas para a sua segurança e para sua segurança e para segurança da floresta devem ser tomadas as seguintes precauções:

    • Ao redor da fogueira deve ser limpa uma faixa de 2 metros de largura, para não haver propagação do fogo;
    • A fogueira deve ser vigiada permanentemente, tendo sempre a mão enxadas, pás, mangueiras, e outras ferramentas; a água deve estar sempre acessível seja através de recipientes magueiras, poços e nascentes;
    • Na extinção da fogueira deve utilizar água certificando-se que não existe combustão no interior das cinzas. Para tal utilize utensílios para remexer a zona queimada,apagando qualquer réstia de materiais combustiveis;
    • A fogueira deve ser vigiada durante várias horas após a extinção,de modo a evitar reacedimentos. Um grande número de fogueiras origina incêndios muito tempo após terem presuvilmente apagadas;
A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X