Acesso Rápido

Bandeira Azul – Praia do Osso da Baleia

Bandeira Azul – Praia do Osso da Baleia
Desde 2004, a Praia do Osso da Baleia recebe, consecutivamente, o galardão “Bandeira Azul”, atribuído pela Associação da Bandeira Azul da Europa – secção portuguesa da FEE.

 

A Bandeira Azul é um certificado de qualidade ambiental, atribuída a praias marítimas, praias de águas interiores, a portos ou marinas de recreio e a embarcações. A Bandeira Azul para praias é válida apenas para uma época balnear e é uma campanha voluntária ou seja, cabe às entidades locais apresentarem ou não a candidatura. Este processo é independente, participativo, exigindo o envolvimento de diferentes entidades e de diversos atores presentes ou intervenientes na região.

 

A campanha Bandeira Azul da Europa iniciou em 1987, integrada nas Ações do Ano Europeu do Ambiente, tendo como finalidade elevar o grau de consciencialização dos cidadãos para os problemas do ambiente costeiro e fluvial e incentivar ações que contribuam para a sua resolução.

 

Critérios de atribuição do Galardão Bandeira Azul – zonas balneares costeiras e fluviais
Conjunto de 27 critérios dos quais 23 são imperativos e abrangem 4 áreas:
I – Informação e Educação Ambiental;
II – Qualidade da Água;
III – Gestão Ambiental e Equipamentos;
IV – Segurança e Serviços

 

Para mais informação sobre a atribuição do galardão “Bandeira Azul” consulte o site www.abae.pt

 

Monitorização da Qualidade da Água Balnear
A aptidão de zonas balneares para a prática de banhos é regulamentada por legislação comunitária específica (Directiva 2006/7/CE), transposta para o direito nacional pelo Decreto-Lei 135/2009, de 3 de Junho.

 

Anualmente e durante a época balnear, é implementado um programa de monitorização com o objetivo de efectuar a verificação da conformidade dos parâmetros de qualidade exigidos pela legislação nacional e comunitária.

 

O Planeamento, a execução e a divulgação dos resultados relativos ao programa de verificação da conformidade das águas das zonas balneares costeiras e interiores é da competência de entidades afetas ao Ministério do Ambiente e Ação Climática, estando a sua coordenação a ser efetuada pela Agência Portuguesa do Ambiente.

 

Durante a época balnear de 2020, no âmbito do programa de monitorização da qualidade da água balnear, foram realizadas 10 análises à água da Praia do Osso da Baleia. Todas as análises apresentaram como resultado “Água Própria para Banhos”.

 

Projeto de Análise Microbiológica das Areias
O projeto “Análise da Qualidade Microbiológica das Areias das Praias” teve como objeto o estudo de potenciais focos de risco presentes na areia, cujo contacto direto com o Homem pode constituir fonte de contágio de doenças. Este projeto foi promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa, em colaboração com o Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge e a Agência Portuguesa do Ambiente.

 

Entre 2006 e 2010, o Município de Pombal aderiu ao referido projeto. Os resultados de todas as análises realizadas na respetiva época balnear, comprovaram a higiene e salubridade pública das areias da Praia do Osso da Baleia.

Pombal Digital

A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X