Acesso Rápido

Câmara adjudica obras urbanísticas no valor superior a 470 mil euros

Câmara adjudica obras urbanísticas no valor superior a 470 mil euros

 

A Câmara Municipal de Pombal adjudicou, na sua última reunião, duas obras de requalificação urbanística, nas freguesias de Pelariga e Pombal, que ascendem a mais de 470 mil euros.

A requalificação da Rua Principal e o Largo da Capela da localidade da Machada, na Freguesia de Pelariga, foi adjudicada pelo valor de 249.700 euros, acrescido de IVA, à Sociedade de Construções Elimur, Lda.

A intervenção pretende proporcionar segurança às crianças que frequentam a escola local, e conforto aos pais, quer na entrega, quer no recolhimento das mesmas. A intervenção, numa área superior a 4.000m2, contempla a possibilidade de continuidade no arruamento de acesso à zona de ATL (Atividades de Tempos Livres), com passeio na envolvente da escola, com dotação de lugares de estacionamento/ zona de paragem para os encarregados de educação.

Os trabalhos irão abranger essencialmente o centro da localidade da Machada, dotando-o de passeios, pavimento rodoviário e pequena adorna do Largo da Capela, procurando ser uma zona aprazível e de convívio, mantendo a tradição nas festividades, promovendo o espaço livre de equipamentos ou barreiras arquitetónicas.

Está prevista, também, a construção de uma rede de drenagem de águas pluviais (atualmente inexistente), novos pavimentos, arborização e espaços verdes, sinalização e mobiliário urbano.

A outra empreitada adjudicada em reunião camarária refere-se à criação de uma bolsa periférica de estacionamento para a zona do Casarelo, confinante com a encosta do Castelo, no centro da cidade de Pombal.

A obra foi adjudicada à empresa Veirabar, Lda pelo preço de 220.402,50 euros, acrescido de IVA.

O projeto prevê a criação de 54 novos lugares de estacionamento, devidamente infraestruturados, incluindo um corredor ribeirinho com ciclovia e zona de circulação pedonal.

O novo espaço terá ainda um parqueamento de bicicletas, dando desta forma maior valor à rede de mobilidade da cidade, para além de dar apoio às atividades lúdicas e desportivas realizadas na mata da encosta do Castelo, e também de apoio à habitação e estabelecimentos comerciais das imediações.

O projeto consiste na criação de dois percursos ao longo da linha de água existente, um pedonal e outro ciclável, garantindo uma interligação funcional entre a malha urbana, o parque de estacionamento proposto e os percursos existentes na mata do Castelo, através de uma ponte pedonal em madeira, prevendo a possibilidade de uma futura ligação de continuidade até à Mata da Rola e à EN237, mas também à Avenida Heróis do Ultramar.

 

Pombal, 3 de setembro de 2021



X