Acesso Rápido

Câmara investe mais de 600 mil euros na melhoria da rede viária

Câmara investe mais de 600 mil euros na melhoria da rede viária

A Câmara Municipal de Pombal vai investir mais de 600 mil euros na melhoria de duas vias rodoviárias, melhorando essencialmente as condições de segurança rodoviária. As duas intervenções irão contemplar cerca de dez quilómetros na freguesia de Pombal e União de Freguesias de Santiago, São Simão de Litém e Albergaria dos Doze.

Na sua última reunião, o Executivo Municipal aprovou a proposta de adjudicação da requalificação da EM 532-2, entre as localidades de Barrocas e a antiga passagem de nível em S. Francisco (acesso a Vermoil), intervencionando 6,2 kms. A empreitada prevê, ainda, o melhoramento de pavimentos em diversos arruamentos, com uma extensão de cerca de 1,3 kms, nomeadamente nas localidades de Casalinho, Carvalhais e Valdeira, Arneiro do Pisão e Pisão.

A empreitada, com um prazo de execução de 120 dias, foi adjudicada por 334.348,50€ (acrescido de IVA) à empresa Socitop, Lda, sediada no concelho de Coimbra.

Pedro Murtinho, vice-presidente da Câmara Municipal enaltece a execução daquela empreitada por se tratar de “uma importante ligação de Pombal às antigas freguesias de São Simão de Litém e Santiago de Litém e que por força das obras de saneamento básico realizadas em 2013 e 2014, deixaram o pavimento bastante degradado”.

“Para além da repavimentação com camada de desgaste, a intervenção tem ainda incluído a drenagem das águas pluviais e sinalização horizontal e vertical”, adianta, destacando igualmente à implementação de lombas redutoras de velocidade, aliadas a passadeiras de modo a garantir o fluxo pedonal em segurança, sobretudo em atravessamentos da via.

Por sua vez, na reunião anterior, a Câmara Municipal aprovou a abertura de procedimento para a requalificação da designada Estrada dos Peregrinos e recentemente integrada nos Caminhos de Fátima, que se desenvolve pela freguesia de Pombal entre Flandes (IC2) e o limite urbano do lugar de Águas Férreas, numa extensão de cerca de 2,6 kms.

O referido concurso público apresenta um preço base de cerca de 294 mil euros (acrescido de IVA).

Para Pedro Murtinho, a intervenção pretende requalificar uma estrada que se apresenta em “estado elevado de degradação, para além de apresentar grandes problemas ao nível da segurança rodoviária, com níveis de sinistralidade elevados”.

“Esta primeira fase procura dar resposta ao troço que apresenta maior degradação, prevendo o saneamento de solos, aplicação de camada de desgaste, tratamento de águas pluviais, medidas de acalmia de tráfego, assim como reforço da sinalização horizontal e vertical”, explica o vice-presidente, frisando que “face ao histórico de ruturas e envelhecimento, está também contemplada a substituição da rede de abastecimento de água”.

Pombal, 10 de agosto de 2020



A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X