Acesso Rápido

Pombal adere à Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis

Pombal adere à Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis

A Câmara Municipal de Pombal deliberou, na reunião de 8 de maio, aderir à Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis.

 

Esta Rede, constituída em 1997, engloba atualmente 57 Municípios Portugueses e tem como principais linhas orientadoras de intervenção:

  • Apoiar e promover a definição de estratégias locais suscetíveis de favorecer a obtenção de ganhos em saúde;
  • Promover e intensificar a cooperação e a comunicação entre os municípios que integram a Rede e entre as restantes redes nacionais participantes no projeto Cidades Saudáveis da Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

Com a adesão à Rede, o Município formaliza o compromisso que já tem imprimido nas suas políticas, de colocar a saúde e bem-estar dos cidadãos no centro do processo de decisões e que procura melhorar o bem-estar físico, mental, social e ambiental dos que nele vivem e trabalham.

 

Este compromisso requer uma abordagem holística, que o Município tem adotado e que se traduz em primeiro lugar nas políticas específicas do domínio da saúde.

Neste âmbito, o Município implementou já um conjunto significativo de iniciativas, como a adesão ao Programa abem: Rede Solidárias do Medicamento, o protocolo com a ARS Centro para a implementação de consultas de saúde oral nos cuidados de saúde primários, a criação de um centro de ajudas técnicas, a operacionalização a nível municipal da Estratégia Nacional para a Promoção da Atividade Física e consequente elaboração do Plano Integrado para a Promoção da Alimentação Saudável e da Atividade Física (PIPASAF).

 

Mas o compromisso com uma comunidade mais saudável requer uma visão mais integrada.

Por isso, o Plano de Desenvolvimento Social, delineado pela Rede Social de Pombal, prevê um eixo específico para a promoção da saúde, contemplando o desenvolvimento de várias ações com vista à promoção da saúde e dos estilos de vida saudáveis.

 

Também a componente ambiental assume um papel central na promoção da saúde. Neste âmbito, o Município de Pombal e várias instituições do concelho têm recebido vários reconhecimentos pelas iniciativas ambientais. Desde 2006, Pombal ostenta a Bandeira Verde Eco XXI. Desde 2019, o Município incentiva as freguesias a aderir ao Programa Eco-Freguesias, tendo sete delas sido galardoadas. Pombal é também o concelho do distrito com mais Eco-Escolas (22).

A Praia do Osso da Baleia ostenta desde 2004 a Bandeira Azul, desde 2011 é reconhecida como praia Qualidade de Ouro e desde 1998 é classificada como Praia Dourada. Em 2018 o Município foi reconhecido como o Mais Azul da Região Centro, pelo trabalho de educação ambiental durante a época balnear, mas também como o Quinto Mais Sustentável do País e com o Selo de Qualidade de Água para Consumo Humano.

Foi o primeiro concelho do país a completar o processo de regularização das linhas de água após os incêndios de 2017, ano em que adotou também o Plano de Ação para a Sustentabilidade Energética e Climática.

 

Também os importantes investimentos, realizados e em fase de lançamento, na rede de saneamento básico por todo o concelho contribuem significativamente para o incremento da saúde humana.

 

Igualmente a área do urbanismo é essencial para a adoção de estilos de vida saudáveis.

O Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) da cidade de Pombal prevê, também por isso, a consolidação da rede ciclável da cidade, potenciando a mobilidade saudável e ambientalmente sustentável, objetivo para o qual converge também a otimização do sistema de transportes urbanos (PomBus).

 

 

Pombal, 13 de maio de 2020



A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X