Acesso Rápido

De 27 a 29 de setembro Pombal é a capital do Artesanato e da Gastronomia

De 27 a 29 de setembro Pombal é a capital do Artesanato e da Gastronomia

O Município de Pombal promove de 27 a 29 de setembro a 26ª edição da Feira Nacional de Artesanato e Tasquinhas de Pombal, este ano subordinada ao tema “Arte, Património, Lazer”, dando destaque a uma das formas de arte popular artesanal, a filigrana, figurando no cartaz oficial da edição deste ano.

Um coração de filigrana, que representa um adereço de moda, frequentemente utilizado em grandes festividades e que é parte integrante e enriquecedora dos “trajes de domingar” tradicionais portugueses do Minho e do Douro Litoral.

A edição deste ano contará com a presença de 184 artesão – mais seis do que a edição anterior – número que tem vindo a aumentar nos últimos anos, consolidando a Feira Nacional de Artesanato e Tasquinhas de Pombal como um dos principais certames do género no nosso país. Para 31 expositores será a primeira presença na Feira de Artesanato, o que tem contribuído para a renovação de expositores e dos trabalhos que são apresentados em Pombal.

Um certame que tem também uma componente de promoção gastronómica e que conta com 12 associações representativas das freguesias e uniões de freguesia do concelho de Pombal, que promoverão o melhor da gastronomia local.

Fruto de uma criteriosa seleção dos artesãos participantes, a Feira Nacional de Artesanato de Pombal mantém uma elevada qualidade dos trabalhos apresentados, numa amostra representativa de todo o território continental e ilhas, onde é apresentando artesanato diversificado nas áreas do têxtil, olaria, cestaria, escultura, tecelagem, cerâmica figurativa, cantaria, azulejaria, ourivesaria, entre outros, registando-se casos de longevidade extraordinários na presença em Pombal.

O cartaz do evento tem por base uma peça de filigrana do artesão Carlos Ribeiro, que possui uma mostra expositiva composta por fotografias que retratam o processo produtivo da filigrana em Portugal, algumas peças de filigrana, produzidas em fios de prata ou ouro, delicadamente entrelaçados e soldados, bem como diversos equipamentos e ferramentas usadas no fabrico desta arte, nomeadamente fieiras, banco de puxar o fio, pinças e prata.

Ao longo do certame, todos esses elementos estarão em exposição na mostra “Filigrana: tradição de um Povo, marca de Portugal”, que será complementada por atividades de carater lúdico e pedagógico, com a realização de oficinas artísticas, dinamizadas pelo Serviço Educativo do Museu de Arte Popular Portuguesa e pelo próprio artesão Carlos Ribeiro.

A abertura oficial está marcada para a 17h30 do dia 27 de setembro, seguindo a visita aos expositores. Das 18h00 às 22h30 a animação do certame ficará a cargo dos Dixie Gringos. Ao longo do três dias, haverá animação constante.

Durante a realização da Feira, estará disponível o serviço de transportes públicos, assegurados pelo Município através da Rede Pombus e cujos horários podem ser consultados aqui.

Programação completa.



A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X