Acesso Rápido

Presidente da Câmara considera compatível estrutura da Misericórdia com exploração hoteleira e turística da Quinta de Santana

Presidente da Câmara considera compatível estrutura da Misericórdia com exploração hoteleira e turística da Quinta de Santana

 

O Presidente da Câmara revelou que o “Município de Pombal vê com bons olhos” a oportunidade de serem usados parte dos terrenos da Quinta de Santana para a instalação da estrutura residencial para idosos da Santa Casa da Misericórdia da Redinha, mas também de todos os serviços que esta entidade já presta à comunidade, como seja o apoio domiciliário e o centro de dia.

Diogo Mateus, que falava aos jornalistas após uma reunião que manteve com o Provedor da Misericórdia, na recente visita de trabalho que Executivo realizou àquela freguesia, salientou a importância de se garantir uma “disponibilidade espacial” para a construção desta nova estrutura que a Câmara terá agora de apreciar.

Contudo, alertou “sem nunca colocar em causa a exploração que se pretende do ponto de vista hoteleiro e turístico da Quinta de Santana”.

Segundo o Presidente da Câmara de Pombal “é absolutamente compatível” a exploração hoteleira e turística da Quinta de Santana com a estrutura residencial de idosos da Santa Casa da Misericórdia.

A funcionalidade no mesmo espaço destes dois projetos tem de ser assegurada numa ocasião em que a Câmara pretende realizar uma nova hasta pública para a utilização da Quinta de Santana.

Esta opção “política” que dará agora os primeiros passos permitirá segundo Diogo Mateus, a integração dos idosos no meio residencial e urbano da freguesia da Redinha. “Vejo com alguma dificuldade a possibilidade de encontramos um terreno, para esta finalidade, com uma vista tão bonita para o vale do Anços e para a serra de Sicó, mas também de uma proximidade sob o ponto de vista da família, segurança e da facilidade com que os utentes podem também vivenciar o centro histórico da Redinha”, afirmou.

Outro dos projetos que irá avançar em breve e que será alvo de um acordo de colaboração entre a Junta de Freguesia e a Câmara é a requalificação de parte da Quinta de Santana que confina com a rua da Lâmpada e o rio Anços, onde se prevê a criação de um parque infantil, de uma zona de merendas e de um parque de fitness.

A Quinta de Santana, com raízes no final do século XVII, foi adquirida pela Câmara de Pombal, através de escritura pública celebrada a 29 de agosto de 1996. É composta por um solar e respetiva capela, logradouros e terrenos envolventes, num lote de 25,340 metros quadrados.

Foi sujeita a diversas intervenções e novas edificações, culminando com o restauro do Solar, cuja inauguração ocorre a 27 de Julho de 2001. Nos últimos anos, tem sido objecto de beneficiações ao nível dos arranjos exteriores e paisagísticos.



A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X