Acesso Rápido

Pombal é o 3º Município do País com maior equilíbrio orçamental

Pombal é o 3º Município do País com maior equilíbrio orçamental

Pombal é o 3º Município entre os 308 do País que apresentou maior equilíbrio orçamental, com um saldo corrente de 11.742.071,00€, de acordo com os dados do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, referentes ao ano de 2015, elaborado pela Ordem dos Contabilistas Certificados, sendo no distrito de Leiria o que apresenta melhores resultados.

Segundo este documento, Pombal é o 9º Município a nível nacional que apresenta maior volume absoluto de investimento, que se fixou nos 20.137.030,00€, valor que não inclui o investimento realizado pelo sector empresarial local. Nesta rubrica, Pombal continua a ser o concelho do distrito de Leiria que apresenta a melhor classificação.

Os resultados positivos de Pombal expressos neste documento tornam-se mais significativos quando se analisa o impacto do pagamento de despesa com pessoal, nas despesas totais da autarquia. Neste campo, Pombal regista uma percentagem de 19,6% da sua despesa total nos custos com pessoal, ocupando a 15ª posição entre os 308 Municípios.

Este dado torna-se mais relevante quando cruzado com os resultados de investimento e equilíbrio financeiro, o que significa que os trabalhadores do Município de Pombal são dos que mais produzem com menos recursos – sobretudo quando o Município de Pombal é o prestador de serviços de Água, Saneamento e Recolha de Resíduos Sólidos Urbanos, serviços esses que a grande maioria das autarquias portuguesas compra a outras empresas.

Ainda segundo o Anuário, Pombal apresenta um bom índice de dívida total e é um dos Municípios com menor prazo de pagamento a fornecedores (6 dias).

A boa saúde financeira de Pombal está também patente no índice de dívida total, nomeadamente no que diz respeito à capacidade de endividamento. Pombal registou, em 2015, nessa rubrica uma dívida total (a curto, médio e longo prazo) de 8.315571,00€, o que representa cerca de 19% da sua capacidade de endividamento total (superior a 40 milhões de euros).

Em relação às cobranças de IMI, Pombal foi o 20º Município em 2015 com maior diminuição de imposto cobrado (6.467.984,00€), fruto da taxa mínima fixada em 2014, e que se tem mantido desde então nos 0,3% (sendo ainda aplicadas as reduções previstas no IMI Familiar).

Pombal aparece ainda no topo da tabela no que concerne a despesas assumidas com transferências correntes e de capital, atingindo a 32ª posição no ranking nacional com 5.856.713,00€ que se referem, a título de exemplo, às transferências que o Município faz para as Juntas de Freguesia.

Na avaliação feita pela Ordem do Contabilistas Certificados, o Município de Pombal é o 25º com maiores resultados económicos, apresentando um valor absoluto de 5.238.492,00€, o segundo melhor resultado do distrito, a seguir ao Município de Leiria.

No ranking global dos Municípios de média dimensão, Pombal ocupa a 17ª posição, resultante da pontuação atribuída através dos resultados obtidos em todos os indicadores financeiros que foram analisados.

O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses é uma edição da Ordem dos Contabilistas Certificados, e que analisa a saúde financeira de todos os 308 Municípios portugueses.



A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X