Acesso Rápido

Município define critérios municipais de apoio ao investimento

Município define critérios municipais de apoio ao investimento

O Executivo municipal aprovou, na sua última reunião, um documento que define os critérios municipais de apoio ao investimento, que irá vigorar até 2020, o mesmo período de vigência do Código Fiscal do Investimento.

Trata-se de “uma proposta inovadora que foi tomada por muito poucos Municípios da região”, assegurou o Presidente da Câmara, explicando que o documento, agora aprovado “estabelece critérios e estimula o alargamento das unidades, não pondo em causa o valor patrimonial dos espaços”.

Diogo Mateus reforça a intenção do Município em “promover a competitividade e o investimento”, e salienta a importância de contribuir para a revitalização da economia local e, como consequência a criação de novos empregos no concelho.

De acordo com a proposta, aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal e Assembleia Municipal, são estabelecidos critérios de isenção de pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).

As isenções oscilam entre os 2 e os 5 anos, para estabelecimentos que invistam entre 200 a 750 mil euros, e que criem 1 a mais de 3 postos de trabalho. A saber:



A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X