Acesso Rápido

Crianças e jovens de Pombal assumem papéis principais no bailado Quebra Nozes – 3 de janeiro às 15 e 18 horas no Teatro-Cine

Crianças e jovens de Pombal assumem papéis principais no bailado Quebra Nozes – 3 de janeiro às 15 e 18 horas no Teatro-Cine

A Câmara Municipal de Pombal abre com música e dança o ano 2016, tendo investido no bailado Quebra Nozes, que irá juntar em palco do Teatro-Cine da cidade, no próximo domingo dia 3 de janeiro e em duas sessões já esgotadas, mais de uma centena de participantes, dos quais 50 são crianças e jovens de Pombal, Coimbra, Figueira da Foz e Leiria.

E são os meninos e meninas de Pombal, com idades compreendidas entre os 4 e os 25 anos, que vão assumir os papéis principais deste bailado.

Esta iniciativa, que movimenta há mais de um mês crianças e jovens de Pombal, tem como convidados e parceiros a AcroPombal, a Academia de Bailado Clássico Aveiro, a Academia Arabesque e a Sociedade Filarmónica Vermoilense, envolvendo um total de 110 participantes.

O Quebra Nozes, que sobe ao palco às 15 e 18 horas, apresenta-se como um projeto “pioneiro no concelho e no país”, já que “o seu elenco foi formado a partir de um casting dirigido às crianças e jovens estudantes de dança e teatro de Pombal”, refere a assistente de Direção Artística e Direção de Produção.

Segundo Kelly Lisboa, este projeto tem como principais objetivos “diminuir as assimetrias relacionadas à aproximação da população face às artes e cultura e oferecer às crianças e jovens da região a oportunidade de participar neste espetáculo e assim desenvolver as suas capacidades técnicas e artísticas, obtendo de forma gratuita acesso a produção e  formação”. São ainda objetivos desta iniciativa “oferecer o contato com a obra clássica Quebra Nozes, vindo a estimular a pesquisa e por consequência o conhecimento do universo de aprendizagem do Ballet”. “Outro dos objetivos alcançados foi o desenvolvimento do trabalho em grupo e o intercâmbio de vários alunos de diferentes escolas e cidades, além de despertar o interesse, envolvendo as famílias destes jovens e aproximando-as do teatro”, explicou a diretora artística.

Com música de Pyotr Ilych Tchaikvosky, as coreografias do Quebra Nozes são da responsabilidade do bailarino brasileiro Álvaro Ribeiro que também assume a direção artística e coregráfica, e que está radicado em Portugal há oito anos. A assistente de Direção Artística e Direção de Produção é de Kelly Lisboa, natural do Brasil e professora de ballet e sapateado na Filarmónica Artística Pombalense, cabendo a direção cénica a João Alegrete.

 

Sinopse

A criação de “O quebra-nozes” foi inspirada numa adaptação francesa de um enxerto do conto Nusscraker und Mauserkonig (Quebra-Nozes e o Rei dos Camundongos), de Ernest T. A. Hoffman.

Tchaikowsky se encantou com as colorações sinistras e fantásticas que envolvem a história e compôs a música para o Ballet.

O resultado desta composição é uma obra repleta de fantasia e romantismo.

Encenado em dois atos e 3 cenas, o ballet conta a fantasia de Clara, uma menina que na noite de Natal ganha muitas prendas, mas se encanta de uma maneira especial por uma delas, um boneco quebra-nozes. Quando todos vão dormir, Clara vai à sala para brincar com sua nova prenda, adormece e entra no mundo da fantasia. Os brinquedos ganham vida, dançam, lutam, viajam para o Reino das Neves e pelo Reino dos Doces, onde Clara e o seu príncipe são homenageados com danças típicas de vários países e com um gracioso pas-de-deux da Fada Açucarada. No final do ballet, Clara acorda e descobre que tudo não passou de um belíssimo e encantado sonho.

Curriculum Álvaro Ribeiro

Inicia seus estudos artísticos em Música no Conservatório de Artes Belle Amie

Ganha bolsa para curso especial na Academia de la Musica de Buenos Aires

Estuda no Conservatório Carlos de Campos considerado o Conservatório de Música da América Latina

Estudou nas seguintes Instituições: Conservatório Belle Amie, Universidade de Campinas, Escola de Ballet Veronica Coutinho SP, Escola Ismael Guiser SP

Especializa-se no Método Vaganova na Escola de Ballet Clássico Maria Oleneva RJ

Estuda Técnica de Pas de Deux com:Wilson Carvalho,Tony About;Fernando Carvalho, Alina Biernaka(Polonia), Boris Astaranovit(Rússia), Laura Alonso em técnica de Repertório e Ivan Monreal Alonsoem Grand Pas de Deux

Recebeu bolsa de estudos para especialização na Escuela del Centro Pró-Danza de Havana(Cuba)

Bailarino e Repetiteur da CIA SESI-MINAS

Dançou para o Ballet do Estado de Goiânia

Foi Bailarino Principal da SUITE CIA DE DANÇAS CLÁSSICAS SP

Recebeu Medalha de Ouro no FESTINDANCE Festival Internacional de Danças;SP

Prémios:Melhor Coreógrafo;Melhor Partner;Melhor Bailarino.Dançou e Remontou os seguintes Ballets Completos: O Corsário, Don Quixote, O Quebra-Nozes,A Bela Adormecida, Coppélia, Boutique Fantasque, Sonho de Uma Noite de Verão, The Fairy Dool, Suite do Ballét Paquita, O Lago dos Cisnes, entre outros.

É fundador da Compasso Escola de Danças e Compasso CIA de Dança em São Carlos,SP . Foi Bailarino Diretor Artística e Coreógrafo Residente da Companhia de Dança de Aveiro-CDA

Para a CDA coreografou Livros, Masquerade, Palavras Dançadas, In Nos Sense, Introspectus, Barrococó Canto El Mosso( Com participação da Filarmonia das Beiras) e Amadeus.

Possui o Curso de Força e Flexibilidade para Dançar, ministrada pelo Prof. Dr. Luís Xarez, realizada em Julho, na Faculdade de Motricidade Humana (Lisboa).

Frequentou Curso de Multimédia em Ambientes Artísticos, Disciplina ministrada pelo Prof. Mário Vairinhos no Mestrado em Comunicação Multimédia, da Universidade de Aveiro.

É Diretor Artístico e Idealizador do Aveiro Dance Festival.

Curriculum Kelly Lisboa

Iniciou seus estudos em Dança em 1977 no Conservatório de Artes Carlos Gomes com a disciplina de Ballet Clássico e, em 1982 ingressou na Rose Ballet School  – escola de artes em Ribeirão Preto, Brasil, onde obteve formação  técnico-profissional, nas disciplinas de Ballet Clássico, Jazz e Sapateado Americano com diversos professores, entre  eles: Rosemary Barreira, Rosângela Afonso, Delfino Nunes, Carlos Aguero, Roseli Rodrigues, Ruben Terranova, Steven Harper, entre muitos outros.

Obteve vários prémios como coreógrafa no Brasil e em Portugal, destacando-se a classificação para representar o Brasil na Ginastrada Mundial em Sapateado Americano, e na finalíssima mundial do Bravo Bravíssimo em Itália onde representou e classificou Portugal em 7º lugar entre talentos de 24 países, na modalidade de Sapateado Americano.

Atualmente leciona em academias de Dança em Pombal e Leiria.



A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X