Acesso Rápido

Câmara de Pombal reorganiza rede de transportes escolares

Câmara de Pombal reorganiza rede de transportes escolares

A Câmara Municipal de Pombal apresentou recentemente a sua nova política de transportes escolares, que pretende solucionar um conjunto de problemas relacionados com o bem-estar e a segurança dos alunos pombalenses.

Para Diogo Mateus, Presidente da autarquia pombalense, urge garantir “às nossas crianças” que “cheguem às suas escolas em segurança e regressem às suas casas também em segurança”. “É neste sentido que a Câmara está a procurar assegurar que os transportes escolares utilizados pelos nossos estudantes os levem à porta de cada estabelecimento de ensino, reforçando a sua autonomia e aliviando as famílias do esforço quotidiano desta tarefa”, afirmou Diogo Mateus.

Esta preocupação da autarquia nasce da constatação das dificuldades e dos perigos a que os alunos usuários dos transportes escolares estão sujeito diariamente, por não terem paragens rodoviárias junto aos seus estabelecimentos de ensino, situação que os obriga a atravessar a cidade, comprometendo muitas vezes a sua segurança.

Assim, a solução preconizada pela autarquia pretende assegurar um máximo de 45 minutos para a antecedência de chegada dos alunos à escola, o que se pretende venha também a permitir a entrega de um maior número de alunos diretamente nas escolas de destino, reforçando igualmente o número de alunos com saída direta da escola para o transporte escolar.

Uma das soluções apresentadas passa pela criação de um cais de embarque e desembarque de alunos, mesmo em frente à escola, permitindo assegurar o cumprimento dos horários por parte dos alunos.

Esta obra foi hoje apresentada, durante uma conferência de imprensa que decorreu no auditório da Escola Marquês de Pombal. Na ocasião, o presidente da Câmara lembrou o início deste processo e agradeceu toda a disponibilidade da Transdev em resolver a situação dos alunos de Pombal. “Sabíamos que não era uma tarefa fácil”, assumiu Diogo Mateus enaltecendo “o trabalho meritório” realizado por esta transportadora.

O presidente da Câmara revelou ainda, que em breve e tendo em vista continuar a mitigar os riscos dos estudantes, irão ser encetadas negociações com a Parque Escolar “para a execução do projeto de ligação pedonal entre a escola Secundária e a Escola Marquês de Pombal”. Este conjunto de obras são mais um passo importante na definição de uma politica de transportes escolares, depois de já este ano, a Câmara Municipal ter alargado aos estudantes do 10º, 11º e 12º ano o acesso gratuito ao transporte escolar, abrangendo a totalidade do ensino obrigatório.



A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X