Acesso Rápido

Presidente da Câmara anuncia 300 mil euros para “salvar” Convento do Louriçal

Presidente da Câmara anuncia 300 mil euros para “salvar” Convento do Louriçal

O presidente da Câmara Municipal de Pombal anunciou hoje um financiamento de 300 mil euros para a promoção e valorização da Igreja do Convento do Louriçal. Segundo Diogo Mateus 85% desta verba será financiada pelos Fundos Comunitários, através do Programa Operacional Regional do Centro (FEDER).

“Estou em condições de anunciar que, no âmbito do Pacto para o desenvolvimento e coesão territorial para a Região de Leiria 2020, foi inscrita uma verba de 300 mil euros para promover a valorização da Igreja do Convento do Louriçal, enquanto monumento nacional através da sua valorização e promoção turística, sendo que 85% desta verba será financiada por Fundos Comunitários”, afirmou o Presidente da Câmara, explicando que “será agora desenvolvido o projeto que vai salvaguardar este património, nomeadamente “os frescos”.

A Igreja do Convento do Louriçal está classificada como Monumento Nacional, e a sua construção data de 1690. Depois da extinção das ordens religiosas, o convento foi vendido em hasta pública em 1925, mas logo recuperado pelas clarissas, que ainda hoje ali permanecem.

O anúncio foi feito durante a apresentação do livro “Os Ciclos de Azulejos da Igreja do Convento do Louriçal”, uma edição da Câmara Municipal de Pombal, que decorreu hoje hoje, dia 17 de setembro, na Capela da Misericórdia no Louriçal. O evento contou com a presença de especialistas internacionais da arte de azulejaria (José Meco e Maria Luísa Jacquinet), e do autor do livro, o historiador Joaquim Eusébio.

A obra com 209 páginas e recheada de fotografias dos azulejos da Igreja do Convento no Louriçal, surge no âmbito de uma tese de Mestrado da Universidade de Montreal (Canadá). Um dos objetivos, refere o autor “foi de estudar os 34 azulejos do século XVIII, que são um ex-libris da cultura visual portuguesa”, mas também, “a ausência de estudos sobre a azulejaria portuguesa”.




A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X