Acesso Rápido

Livro “Os ciclos de Azulejos da Igreja do Convento do Louriçal” apresentado dia 17 de setembro

Livro “Os ciclos de Azulejos da Igreja do Convento do Louriçal” apresentado dia 17 de setembro

Numa edição da Câmara Municipal de Pombal, o livro “Os Ciclos de Azulejos da Igreja do Convento do Louriçal”, será apresentado no próximo dia 17 de setembro, pelas 18h30, na Capela da Misericórdia no Louriçal.

 

A sessão, para a qual foram convidados todos os pombalenses, contará com a presença de especialistas internacionais da arte de azulejaria, e do autor do livro, o historiador Joaquim Eusébio.

 

A obra com 209 páginas e recheada de fotografias dos azulejos da Igreja do Convento no Louriçal, surge no âmbito de uma tese de Mestrado da Universidade de Montreal (Canadá). Um dos objetivos, refere o autor “foi de estudar os 34 azulejos do século XVIII, que são um ex-libris da cultura visual portuguesa”, mas também, “a ausência de estudos sobre a azulejaria portuguesa”

 

Para Joaquim Eusébio, O Convento do Louriçal “tem um espólio riquíssimo”, algum do qual está fechado ao público, e que “é preciso dar a conhecer”, e que “é caraterística da arte decorativa portuguesa”.

 

A investigação, que originou este livro, demorou um ano e meio a fazer, sendo que bastaram seis meses para a sua redação. O autor destaca “a grande recetividade e apoio” da comunidade de clausura das irmãs Clarissas do Desagravo, que residem no Mosteiro do Santíssimo Sacramento, do Louriçal, que permitiram que “fotografasse estampas do século XVIII, que se encontram no interior do Convento”.

 

Joaquim Eusébio mostra-se “muito satisfeito” por, com esta obra “deixar um instrumento que possa servir para dar a conhecer a azulejaria portuguesa”, dando relevo “a um trabalho de pintura anónimo destas pessoas, sem grande formação”.

 

E conclui: “esta é uma obra realizada não de forma emotiva, mas científica”.

 

 

Notas biográficas do autor:

Joaquim Vitorino Videira Eusébio é natural de Lisboa, alentejano de coração (Beirã, Marvão, Alto Alentejo) e pombalense por adopção.

 

 

Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, foi professor do Ensino Secundário, tendo exercido no Liceu Nacional de Setúbal, na Escola Preparatória de Pombal, no Liceu José Falcão, na Escola Tecnológica e Artística de Pombal, no Instituto D. João V (Louriçal) e na Escola Secundária de Pombal, tendo pertencido durante 5 anos ao Conselho Directivo da Escola Secundária e orientado alguns Cursos de Formação de Professores no âmbito do Projecto Foco no domínio da Expressão Dramática e do Património.

 

Foi co-fundador, director, encenador e actor do Teatro Amador de Pombal, criado em Julho de 1976, tendo sido galardoado em 1986 com o Prémio Directíssimo – Teatro Regional.

 

Foi encenador de 1981 a 1983 do Grupo de Teatro da Casa do Povo de Soure. De 1980 a 1982 foi deputado da Assembleia Municipal de Pombal.

 

Foi responsável pelo levantamento cultural de oito das freguesias de Pombal.

Foi co-fundador da Associação de Defesa do Património Cultural e Ambiental de Pombal, da Cooperativa Rádio Clube de Pombal e do Rotary Club de Pombal. Foi director-adjunto do jornal “O Correio de Pombal” e chefe de redacção do jornal “A Nossa Voz”. Integrou igualmente o grupo de música popular portuguesa “Sol Nascente”.

 

Em 1999 radicou-se no Canadá, tendo leccionado na Escola Secundária Lusitana de Montreal (Quebeque) de1999 a 2008,  data em que se aposentou do ensino. Concluiu em 2008 o mestrado em História da Arte pela Universidade de Montreal com a tese «Os ciclos de azulejos da igreja do convento do Louriçal». Prepara actualmente o doutoramento em História da Arte na mesma Universidade com a defesa da tese «As representações de santo António (1190-1231) na azulejaria portuguesa dos séculos XVII e XVIII. A construção dum mito».

 

 

Outras obras publicadas:

– “A técnica do actor” – em colaboração com Carlos Rosa e Rui Almeida, ed. F.A.O.J., Leiria, 1978

 

– “Pombal pombalino” – em colaboração com Carlos Alberto Silva e Orlando Cardoso, ed. Região de Turismo Leiria Fátima, 1999

 

– “Falando Português em Montreal”, ed. Escola de Santa Cruz e Escola Secundária Lusitana, Montreal, 2001

 

– “A Comunidade Portuguesa de Montreal – 50 anos de vizinhança”, ed. Centro de História de Montreal, Montreal, 2004



A sua opinião conta!

Envie as suas sugestões, reclamações, ideias, projetos. Entraremos em contacto consigo o mais rápido possível.

Enviar
X